Migre.me – Encurtador de urls integrado no twitter

migreme-passeie-pelos-links

O Migre.me é mais uma ferramenta para tentar encurtar a URL, como o TinyURL ou o is.gd, mas totalmente integrado com o twitter (que é onde mais se utiliza estas ferramentas). Gerando o seu link aqui no migre.me, você pode acompanhar quantas pessoas clicaram em seu link, quantas pessoas o “retwitaram” e também fazer um bookmark dos seus links.

Assim se define este site, realizado pelo Jonny Ken Itaya, para oferecer ao público twittero brasileiro uma forma de encurtar os endereços webs dando a possibilidade de consultar as estatísticas dos seus acessos.

Para conhecer melhor as origens e o futuro deste sistema decidi fazer uma mini-entrevista ao Jonny. Aqui podem ler o resultado:

quem fez o migre.me? quem são vocês?

No caso, Ken fez o Migre.me… re re re. Eu fiz sozinho. A inspiração surgiu quando fiz o campeonato de Rick Roll durante o Campus Party. Achei engraçado que a maioria das ferramentas de redirecionamento não exibiam os números de cliques, e eu precisava disso para fazer a contagem de cliques do campeonato. Mas idéia de transformar o site em um sistema de classificação por cliques veio somente depois, quando estava conversando com o Fugita na quarta passada (28/jan). Mas tudo era uma idéia, como qualquer uma que todo mundo tem todos os dias.

A idéia só ganhou motivação quando eu brinquei com o Fugita: “Vou criar o pseudo projeto de startup mais rápido da história”. A idéia nunca foi tentar criar uma “Startup” (acho que é a palavra da moda na internet, assim como “Monetização” para blogueiros). Tudo foi fazer por diversão mesmo… Pelo mesmo motivo que eu escrevo no Infopod ou gravo o Podcast Decodificando!


O que mais demorou foi achar um domínio curto e que transmitisse a idéia de redirecionamento… “va.pa”, “leve.me”, etc… tentei de tudo, mas ou não era possível, ou já estava registrado. Só no final do dia 30/jan (sexta) eu tive a idéia do migre.me e fiquei feliz que o domínio estava livre!

Fiz alguma coisinha no sábado e nas noites de segunda e terça, e consegui lançar o site na quarta-feita! Ou seja, uma semana! Mas de tempo gasto, não deve ter levado nem 10 horas! Obviamente, por isso que ele está com um layout tão tosco! Seria impossível lançar algo bonito e funcional programando tudo sozinho! Mesmo porque eu sei das minhas limitações como designer! re re re

Ah, levou somente 10 horas porque eu já tinha muita coisa pronta. O “robô” de varredura eu peguei do Podpods, o sistema de classificação eu peguei do campeonato de Rick Roll… etc.

– Pensa integrar o migre.me com aplicações tão populares como o tweetDeck?

Quem sabe um dia! No momento quero deixar ele com as as funcionalidades atuais 100%. Só o fato de ter trocado de hospedagem já foi uma vitória (sai da Dreamhost, que deixou o site baleiando das 16 às 17hrs de quinta e migrei para a Brasil Hosting do meu amigo Macari, que me garantiu que o site lá vai aguentar tranquilamente)

Atualmente minhas prioridades nos horários livres são tocar o Infopod, continuar gravando o Podcast Decodificando e terminar o Podpods (site agregador de podcasts)! Este sim está dando um trabalho monstro (já tem uns 6 meses de programação nos tempos livres, e faltam várias coisas, como o widget para ouvir podcasts no Orkut, que está em fase final de programação).

Mas é obvio que eu vou dar muita atenção ao migre.me… eu nunca imaginei que teria esse boom que teve! E ele merece muita atenção, principalmente porque se isso for lançado em uma versão “internacional”, a tendência é explodir. Infelizmente é impossível conciliar tantos projetos com o meu trabalho principal, e como ele atualmente é meu ganha-pão, ele tem total prioridade!

– quais são os seguintes passos? logomarca? design geral? outros idiomas?

Ao contrário do que um monte de gente disse no twitter, eu não quero dominar o mundo! rs rs rs. Para fazer isso eu teria que ter mais tempo livre e, como eu disse acima, a minha prioridade real é trabalhar direito onde tenho meu ganha pão (trabalho como gerente de TI na Acura Technologies). Quem sabe o dia que eu ganhar $$$ suficiente para largar o emprego e me dedicar somente a manter meus sites, ai eu penso em um plano de dominação mundial QUA QUA QUA (risada maquiavélica e esfregando as mãos).

Mas um layout é realmente necessário, assim como o logo! Gosto do logo do Podcast Decodificando…. quem sabe consigo bolar algo legal também para o migre.me ou pague para alguém fazer (se alguém quiser se oferecer para fazer o serviço de design de graça, terá minha eterna gratidão e um banner enquanto ficar o layout no ar! re re re)

– Por que o migre.me será melhor que o tweetburner?

Porque no migre.me, você não precisa saber escrever inglês para entrar em contato com o CEO da empresa! :) . re re re. Mas falando sério, cada site tem seu espaço e seu publico alvo. Não posso falar muito do tweetburner porque eu não o conhecia até o pessoal comentar a respeito, mas com certeza eles levam a vantagem de já ter um site em inglês e também ter mais do que uma única pessoa trabalhando no site pelo menos 16 horas por dia! O migre.me vai tentar compensar isso com boas idéias e com a ajuda dos amigos! A @amandawy, o @fugita e o @macari foram essenciais para a execução do projeto, mas existem várias pessoas que merecerão parte das ações da migre.me corp, como o @graveheart, @crisdias, @saintbr, @marifullen, @rcobrabr e o sr Bigode (que me mandou um email de sugestões, mas que eu não sei o twitter)

Muito obrigado Jonny, ficaremos atentos à evolução do migre.me

6 Comments