Android x86 4.0 RC1 pronto para experimentar em nossos computadores

http://wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/02/androidx86-4.0-10-600x351.png

Já estão surgindo rumores a respeito da futura versão de Android, a versão 5.0 conhecida pelo nome de Jelly Bean que, entre outras coisas, se espera que possa se adaptar à telas não sensíveis ao toque, de maneira a poder executá-la em nossos computadores, a qual através de um dock possamos transformar nossos telefones móveis em computadores desktop. Até que chegue o momento oficial para sabermos de todas as novidades de Android 5.0, se quisermos executar Android em nossos computadores, temos que recorrer aos desenvolvedores de Android x86.

Android x86 é um projeto que trata de levar Android a computadores sob arquitetura x86, ou seja, os que temos em nossas casas e locais de trabalho. Pois bem, esta semana temos a versão RC1 de Android 4.0.3, ou seja, podemos ter Android Ice Cream Sandwich em nuestros computadores. Para isso, apenas temos que baixar a imagem ISO disponível para cada uma das plataformas para as que estão otimizadas, entre elas, para AMD Brazos, para netbooks Asus da familia EEEPC, para portáteis ASUS ou terminais Viewpad10 ou Lenovo S10.

Entre as novidades, incorpora o kernel 3.0.8 com o KMS (Kernel Mode Setting) ativo, motor javascript V8 ativo, aceleração por hardware OpenGL para chipsets intel e AMD Radeon, suporte para Wifi, Audio, webcams, simulação de cartões SD mediante o armazenamento interno, etc.

Evidentemente, para aqueles valentes que queiram instalá-lo, comprovarão que algumas coisas não chegarão a funcionar, e recomendam que sejam feitos testes necessários através da virtualização mediante Virtualbox para não danificar as instalações que tenham em seus computadores, a não ser que tenham computadores expressamente para realizar testes.

Desde a página oficial do anúncio já advertem de que não há suporte para o ethernet, nem tão pouco a suspensão e retomada em alguns terminais. Desde a mesma página poderá baixar as imagens ISO e seguir as instruções.

3 Comments