Wikipedia entra finalmente na era do vídeo com a inclusão do reprodutor de vídeo em HTML5

Para resolver muitas de nossas dúvidas, nem pensamos muito na hora de escolher consultar a enciclopédia online Wikipedia em busca de informações, composta geralmente de textos e imagens, embora em alguns casos também encontramos vídeos.

Pois é, mas isso vai mudar, depois de cinco anos de testes, pois a partir de agora o conteúdo em vídeo será levado mais em conta na hora de elaborar e editar os artigos de Wikipedia, graças à integração da tecnologia da plataforma de vídeo Kaltura junto com uma série de ferramentas que permite seu uso de uma maneira mais fácil. A integração da tecnologia de Kaltura em MediaWiki, o CMS que usa a Wikipedia, se realiza mediante uma extensão chamada TimedMediaHandler, que inclui uma série de características úteis como o suporte para o formato de vídeo WebM, livre de direitos, ou a compatibilidade com a transcodificação do lado do servidor, adaptando os vídeos à largura da banda e ao suporte onde é reproduzido, entre outras coisas.

De forma experimental, algumas das características tem sido postas à disposição dos usuários de Wikimedia Commons durante sua etapa de desenvolvimento, quem puder ativar as funções beta desde suas preferências pessoais, e acessarão a uma interface otimizada onde poderão editar as legendas.

Desta maneira, a Fundação Wikimedia está implementando as melhorias da plataforma de vídeo em toda a rede de Wikimedia, quem no momento entrar na Wikipedia em inglês e o repositorio de meios de Wikimedia Commons, desde já poderá usar o reprodutor em HTML5 da plataforma de código aberto Kaltura.

Depois do longa demora, de cinco anos, motivada pela adaptação da infraestrutura da Fundação Wikimedia para dar suporte a este formato de conteúdo, os vídeos existentes poderão ser vistos no momento através do reprodutor de vídeo.

Resumindo, a Fundação Wikimedia adaptou sua infraestrutura e realizando os testes necessários durante um período de cinco anos, agora já permitirá dar suporte aos conteúdos de vídeos.

Link: meta.wikimedia.org | Via: TNW