10 conselhos para quem quer começar a ganhar dinheiro com blog

Durante os últimos meses muitas pessoas têm entrado em contato com o Wwwhat’s new pedindo conselhos para ajudar a criar um blog com o qual possam ganhar dinheiro.

Não é simples dar uma resposta única, já que muitos fatores têm que ser analisados de forma individual, fatores que dependem do perfil do empreendedor, área na qual se quer atuar, país de onde começará o projeto, entre outras coisas.

Tentando ser o mais geral possível, listamos 10 conselhos que podem ser de grande utilidade na hora de se criar um blog:

1 – Se quiser se destacar com um blog de um tema específico, tem que existir muita paixão no projeto. Não vale a pena começar a escrever sobre um assunto que desconhecemos ou não tenhamos grande intimidade ou ainda que não nos motive completamente, os leitores não são ingênuos, muito pelo contrário, são cada vez mais exigentes e sabem diferenciar um charlatão de um profissional.

2 – Tempo. Escrever um artigo a cada dia e deixar o blog em branco durante as suas férias será visto como um passatempo, não um empreendimento profissional. Uma coisa é querer mostrar no blog o que somos capazes de fazer como profissionais, outra coisa é querer ganhar dinheiro com um blog transformando-o em um meio de informação importante dentro de sua categoria, e para isso, são necessárias muitas horas diárias de trabalho.

3 – Ajuda. É muito difícil transformar um blog pessoal em um meio de referência, é preciso ter ajuda de diversos tipos: editores, patrocinadores, profissionais dedicados ao mundo do hosting que entendam as características do projeto, pessoas que entendam de design web, usabilidade, SEO e demais assuntos técnicos… todos têm algo a oferecer, e todos tem algo que dar em troca, é preciso encontrar o equilíbrio para manter estáveis as relações do tipo “todos ganham”.

4 – Reflexos. Blog, jornal digital, magazine, site especializado… o nome que se quer dar ao projeto não é importante, o que é realmente imprescindível é entender sobre o que se está informando, é preciso estar atento ao que acontece constantemente. Cada tema requer um equilíbrio entre velocidade na hora de publicar uma notícia importante e detalhes que os leitores querem conhecer. Somente depois de muito tempo trabalhando no site será possível encontrar este equilíbrio, porém, sempre é importante não demorar muito a informar o que está acontecendo.

5 – Análise da comunidade. Existem leitores que preferem resenhas curtas e leitores que buscam longos artigos explicando todos os detalhes das notícias, por outro lado, existem os que só leem o título e leitores que consultam um por um todos os comentários, assim como os que comparam o que publicamos com outros sites… Existem muitas ferramentas que podem nos ajudar a conhecer nossa comunidade de leitores, e esse conhecimento é imprescindível para sintonizar oferta e demanda de informação.

6 – Paciência. Se tiver um tema que ainda não está muito desenvolvido na Internet em seu idioma, dedique mais tempo a ele, tenha a infraestrutura necessária e a paixão para se dedicar várias horas por dia com muita dose de paciência. O dinheiro não chega de um dia para outro, as vezes é preciso se dedicar anos antes de ver um fruto economicamente atraente. No mais, não é muito diferente de outros projetos, dentro e fora da Internet. Se começa de baixo e com muita dedicação e sorte vai-se crescendo, não há nenhum segredo nesse aspecto.

7 – Sentido comum. Se você é um expert em temas financeiros, cavalos, barcos e receitas de cozinha e esses quatro temas lhe atraem de igual forma, selecione o assunto que tenha menos concorrência no mercado e o que possa oferecer anúncios de maior valor (um anúncio de carros, ou um de planos de investimento é mais lucrativo que um de receitas de cozinha, já que o anunciante pode ganhar com um click é muito maior em um caso que em outro).

8 – Enfoque. É melhor tratar um tema determinado que escrever sobre “de tudo um pouco”, principalmente porque dessa forma atrairemos uma comunidade mais específica de leitores e será más fácil buscar anunciantes.

9 – Redação. Leia duas ou três vezes cada artigo antes de publicá-lo. Os erros ortográficos podem até ser perdoados uma vez ou outra, mas os gramaticais são certeiros na hora de expulsarem qualquer seguidor em potencial.

10 – Dedicação às redes sociais. As pessoas estão comentando cada vez menos nos blogs, a conversa está migrando e se concentra agora nas redes sociais. É preciso se dedicar muito tempo ao Twitter, Facebook e Google Plus para poder ficar por dentro de possíveis consultas ou críticas recebidas. Ali se encontram nossos futuros leitores, os que ainda não nos conhecem, e nunca chegarão a nosso blog se não nos preocuparmos em lhes dar a informação que estão buscando.

Certamente, os comentários estão abertos para quem queira se aprofundar mais sobre esse tema.