Coursera já tem cursos em espanhol, em inglês… e em português?

Coursera

Poucas são as pessoas que, interessadas no mundo da formação online, não ouviram falar já do Coursera, projeto web que faz parcerias com várias universidades do mundo todo para oferecer cursos de forma gratuita pela Internet.

Estes cursos (MOOC – Massive open online course) eram oferecidos inicialmente por grandes instituições acadêmicas dos Estados Unidos, mas agora começam a aparecer cursos de universidades espanholas e de países de América Latina (vejam o post los primeros cursos en español de Coursera que escrevemos recentemente), oferecendo a oportunidade de aprender com excelentes professores das mais variadas áreas que dedicam seu tempo a permitir a milhares de pessoas ter acesso a uma educação limitada até faz pouco tempo aos que tem dinheiro para pagar cursos desse nível.

Coursera tem seu próprio modelo de negócio, tem que pagar para conseguir um certificado (com prova e acompanhamento mais individual) e permite divulgar as qualidades acadêmicas de vários centros no mundo todo, mas quem quer aprender sem pagar, pode.

Não são cursos universitários completos, não podemos comparar isto com os muitos anos que ficam os universitários em sala de aula para ter um título, não é, nem pode ser, a mesma coisa; mas é conhecimento, isso sim, e milhares de alunos de Coursera cada mês demostram que tem interesse em aprender, independentemente de se será ou não solicitado na entrevista de emprego.

A pergunta é… quanto demorarão as universidades do nosso país em formar parte do diretório de Coursera? Os que já fizeram cursos lá sabem que brasileiro não falta, o interesse por educação de boa qualidade pela Internet é enorme, ainda que seja em outro idioma, apenas falta a iniciativa que as instituições acadêmicas tem que ter para perder o medo de compartilhar de forma gratuita.

Acredito que este ano veremos muitas surpresas nesta categoria, e espero que ter o Brasil dentro do mundo MOOC seja uma delas.