Riot, o programa que sabe tudo de nossa vida graças às redes sociais

riot

Os dias que costumamos ir à academia, o horário de um determinado curso, onde estaremos no próximo sábado às 17:00 hs…informações calculadas devido à rotina de nossas atividades constantemente publicadas nas redes sociais, isso é o que extrai Riot, o programa cujo funcionamento foi demonstrado nesse vídeo de The Guardian.

Riot foi criado por uma empresa multinacional de segurança, um programa capaz de seguir os movimentos das pessoas e prever o comportamento futuro de qualquer indivíduo graças a sites como Facebook, Twitter e Foursquare.

Raytheon, a empresa responsável, disse que até agora não vendeu o programa a nenhum cliente, embora muitos tenham se mostrado interessados e reconhecem que a tecnologia foi compartilhada com o governo de Estados Unidos como parte de um esforço conjunto de investigação e desenvolvimento, em 2010, para ajudar a construir um sistema de segurança nacional capaz de analisar bilhões de “entidades” no ciberespaço.

No vídeo é mostrado como o que as pessoas publicam nas redes sociais têm muitas vezes mais informação do que as lidas por nossos contatos. Os dados EXIF das fotografias, por exemplo, podem incluir informações geográficas, assim como o tipo de dispositivo utilizado para a captura das imagens.

Uma demostração que pode servir de lição para que tenhamos muito mais cuidado na hora de publicar certos dados em nossas redes sociais.