Um mapa de migrações do mundo criado com as IPs dos usuários do Yahoo

Na WSDM 2013, sexta edição de uma das principais conferências abrangendo pesquisas na área de busca e mineração de dados da web conferência, acabam de apresentar um projeto que mostra o que se pode obter a partir dos dados registrados em aplicativos web e redes sociais.

Neste caso se trata de um mapa que mostra as migrações entre diferentes países, informação obtida com a ajuda da fundação Barcelona Media e Yahoo, que ofereceu dados anônimos de 100 milhões de usuários de seus serviços (email, flickr, etc.)

Comentam em esmateria.es:

Cada vez que um deles acessa sua conta para mandar um e-mail ou fazer o upload de fotos, a direção IP da máquina a qual se conecta fica gravada. Este dado pode ser geo-localizado quase até o nível da cidade. Os cientistas tomaram uma amostra dessa informação entre julho de 2011 e julho de 2012.

Já que muitos países não têm estatísticas oficiais para obter informação sobre migração, estes dados podem ser usados para entender melhor o movimento de turistas, profissionais e imigrantes propriamente ditos, embora seria muito mais completo se Google colaborasse com sua informação, claro.

É possível ver algumas conclusões realizadas sobre o estudo nesse artigo em esmateria.es.

Veja abaixo o curioso mapa, onde as linhas mudam do negro (origem) ao vermelho (destino) mostrando uma espessura proporcional à quantidade de pessoas registradas na mesma rota.

Mapa de migraciones

Clique para ampliar.