Novidades em MEGA, o suposto sucessor de Megaupload

mega

Milhões de pessoas aficionadas no F5 estiveram esperando ansiosos o lançamento de Mega, que foi realizada no dia 20 de janeiro deste ano, com a esperança de encontrar um sucessor de Megaupload, uma porta à distribuição de conteúdo de todo tipo (protegido e não protegido por direitos autorais), uma sucessão que frustrou a muitos.

MEGA não é Megaupload, de fato seu fundador, Kim Dotcom, não quer que o seja. Se estão respeitando os direitos de autor, se está eliminando a grande velocidade todo rastro de filmes, livros e músicas divulgados publicamente através de seu sistema, se está impedindo o rastreio de links com este tipo de conteúdo em sua base de dados… O objetivo de MEGA é, e quer continuar sendo, competir com Box e com Dropbox, com serviços de armazenamento profissionais, para poder garantir que seu destino não será tão trágico como o de Megaupload.

E com esta filosofia continuam anunciando novidades para seus clientes: possibilidade de baixar vários arquivos ao mesmo tempo dentro de um mesmo zip (limitado a 4 gigas), opção de parar e retomar um download já começado, e novo sistema de notificações para conhecer a atividade realizada em um diretório compartilhado (ideal para os que trabalham em grupo).

Enquanto muitos tem fugido de MEGA ao ver que não era sua “fonte inesgotável de pirataria“, outros estão começando a vê-lo com novos olhos, como uma boa opção para compartilhar e distribuir material a preço baixo.