Runrun.it – Sistema brasileiro de gerenciamento de projetos, tarefas e equipes pela Internet

uy
Segundo uma recente pesquisa da McKinsey Global Institute (MGI), se as empresas de todo o mundo aplicassem os softwares sociais para gerir o dia-a-dia dos colaboradores e equipes, poderiam ampliar o potencial produtivo global em até US$ 1,3 trilhão, e assim…a 500 Startups e a Monashees Capital acabam de anunciar um investimento de R$ 2,1 milhões no RunRun.it, uma plataforma para o gerenciamento de equipes inédita no mercado brasileiro, que faz a interação gestão de tarefas, tempo e feedback.

Esse investimento será aplicado no aprimoramento do produto, na contração de novos profissionais e na expansão do negócio, que já conta com mais de mil empresas cadastradas, espalhadas por cerca de 40 países.

A ferramenta Runrun.it resolve problemas de gestão universais, surgindo como um modificador no dia-a-dia das empresas que trabalham da mesma forma desde a virada para o século XXI, baseando muito das tarefas na troca de e-mails, um caminho hoje saturado. As empresas e as tecnologias mudaram, mas não a forma como as empresas trabalham. Desta forma, o Runrun.it agrega as tendências mais recentes na internet para se tornar uma plataforma que organiza e gerencia os trabalhos dos colaboradores, aumentando a produtividade, se for necessário, ou ainda indicando possíveis gargalos ou setores/colaboradores com tempo ocioso.

Na verdade, Runrun.it funciona como um agregador e acompanhador de todas as tarefas no dia-a-dia da empresa. Um chefe possui um maior controle das tarefas enviadas aos colaboradores, enquanto eles possuem uma agenda melhor definida para executá-las, não permitindo um excesso de tarefas para serem concluídas no mesmo tempo ou com um prazo menor que o ideal, por exemplo. Um gestor pode enviar prazos mais realistas aos clientes, identificar com antecedência que não poderá entregar um projeto com a equipe atual ou ainda notar que existe um funcionário ocioso em um setor que pode ser realocado para outro, que está mais atarefado, assim como também é possível identificar aqueles colaboradores que não cumprem as metas e aqueles que vão além, entregando projetos antes do prazo e com um melhor desempenho.

O Runrun.it funciona de forma simples, depois que o gestor cadastrar a empresa ou o departamento na ferramenta, ele adiciona os colaboradores e informa de quem eles podem ou não receber tarefas. Em seguida, ocorre o cadastramento das principais tarefas do dia-a-dia.

Depois disso, basta apenas que o chefe envie para as atividades para o subordinado por meio do site, que, a partir do histórico anterior ou do que é informado no cadastro, já avisa o tempo ideal para a conclusão do projeto. Ele também já estima quando a tarefa estará pronta, tendo como base a lista de pendências do colaborador. Caso a data de entrega seja antes do dia estipulado pelo site, não existe mágica: o gestor precisa aumentar a prioridade do projeto (jogando outros mais para frente), escolher outro colaborar para realizá-lo ou ainda dividindo as tarefas.

Por parte do funcionário, ele recebe as atividades apenas pela ferramenta, pondo fim aos possíveis desentendimentos na comunicação por e-mail, e informa naquilo que está trabalhando, tudo isso sem dificuldades. Assim ele fica protegido de um excesso de demandas com um prazo curto, além de mostrar claramente no que está empenhando e quando está sendo eficiente.

Diariamente os sócios, diretores, gestores e afins podem acessar os Relatórios Gerenciais, sabendo exatamente quais departamentos estão saturados, os funcionários ociosos, os melhores e, principalmente, para onde o tempo das equipes está indo.

Veja abaixo um vídeo demonstrativo:

Via startups.ig