Sobre o leitor de feeds de AOL

Aol Reader

Faltam apenas seis dias para que Google Reader encerre de vez seu serviço, embora desde março, quando Google anunciou essa decisão, foram aparecendo cada vez mais alternativas, sendo agora o AOL Reader a última delas, à espera de que Digg abra seu próprio serviço no próximo dia 26.

AOL Reader abre hoje suas portas em fase beta, podendo usar nossas contas de AOL, Facebook, Google ou Twitter. O único problema está sendo na hora de indicar o endereço de e-mail para que seja enviado o convite de acesso, pois parece que muitos não estão tendo suas contas aceitas.

Ao entrar no serviço, logo veremos uma interface simples e funcional, nos permitindo começar introduzindo as assinaturas manualmente ou importando mediante um arquivo OPML. Porém, não existe opção para a importação direta desde Google Reader, mas dispõe de um pequeno tutorial para a exportação desde este serviço mediante Google Takeout.

AOL Reader dispõe de quatro tipos de visualização de conteúdos, desde o modo lista até o modo painel, e em cada publicação na parte superior direita encontramos as opções para destacá-los, marcá-los como não lido, e para compartilhá-los, tanto através das principais redes sociais como através de e-mail.

Quem optar por esse serviço, deverá levar em conta que seu funcionamento ainda é muito novo, existindo problemas na hora de importar as assinaturas, e inclusive atualizá-las.

Teremos que dar um tempo, embora no momento não possa ser considerado como alternativa a Google Reader até que se resolva os problemas. Mais adiante irá dispor de API, aplicativos móveis, integração com terceiros serviços, suporte para exportações, e outras novas características, e talvez aí então, possa ser uma alternativa a se levar em conta.

Link: AOL Reader