SETT – Há espaço para outra plataforma de blogs?

sett

Sabendo que WordPress é responsável por quase 20% da web no mundo todo, parece que a resposta à pergunta é um rotundo NÃO, embora seja melhor pensar duas vezes antes de responder.

Faz uns anos que ninguém sequer imaginava que Tumblr chegaria tão longe, e Overblog, que está há um ano no mercado como uma original ferramenta para criação de blogs em vários idiomas, demonstra que é um mundo ainda vivo, ainda com muito o que dizer no mundo da publicação de conteúdo na Internet.

É certo que WordPress, Blogger e Tumblr são os reis nesta categoria, porém, também é certo que os três pecam do mesmo: um novo blogger precisará anos para conseguir milhares de seguidores, para cultivar sua presença na web e demonstrar que seu conteúdo merece atenção. A ideia das novas plataformas é pular esse passo, buscar a possibilidade do rei see o conteúdo, não o blogger, de forma que se um novo usuário escrever um excelente texto sobre qualquer assunto, possa ser lido por outras pessoas de forma imediata, sejam ou não assinantes do mesmo.

E com essa filosofia nasce SETT (sett.com), uma plataforma, no momento só em inglês, que permite criar blogs cobrando de forma proporcional ao número de assinantes que se tenha (a versão gratuita não permite mais de 300). Se apresenta como uma boa ferramenta para quem sabe escrever e queira construir uma comunidade de leitores de forma rápida, em um lugar onde o conteúdo é recomendado entre os diferentes blogs criados, tendo um sistema de detecção de conteúdo semelhante que pode ajudar muito aos leitores que buscam matéria sobre o mesmo assunto.

Os textos podem ser enviados às redes sociais com um simples click, existe módulo de estatísticas e votos para determinar quais são as notícias mais populares. Gestão de comentários, capacidade de busca, integração com authorship do Google… ainda muito limitada no que diz respeito à estética, promete velocidade e divulgação interna do conteúdo mais destacado.

Como comentam en TC, pode ser uma boa forma de encontrar grandes novos bloggers ou grandes comentaristas, embora, pessoalmente, acho que ainda falta muito caminho a ser percorrido para que possa ser considerado como uma alternativa sólida.