MEGA agora quer criar um sistema de email seguro e confidencial

email seguroDesde que Megaupload fechou suas portas e milhões de arquivos foram perdidos definitivamente (deixando milhares de clientes de boca aberta), são muitos os esforços que Kim Dotcom vem fazendo para recuperar a confiança de seu “olfato web”.

Depois de vender seu serviço de hospedagem de arquivos MEGA (um produto interessante, embora não seja um substituto do Megaupload), quer agora aproveitar o escândalo dos sistemas de email vigiados pelo governo dos Estados Unidos (Gmail, outlook entre outros) para anunciar uma alternativa segura e confidencial, um serviço de email que, certamente, funcionaria fora das fronteiras de Obama.

No momento se trata de apenas rumores em zdnet, onde informam também que teremos um serviço de VoIP com as mesmas características em relação à privacidade (algo fundamental depois que sabemos que as conversas realizadas no Skype também poderiam estar caindo nas mãos do governo).

Os problemas não são técnicos, há várias formas de se salvar a informação de forma segura nos servidores, o problema é quando o governo solicita o acesso aos dados antes de aplicar a criptografia, que também é possível (e bastante comum, vide as últimas notícias).

Sair do país e armazenar nos servidores de outro lugar é uma solução, porém… quem garante que nesse outro país não farão algo deste tipo?, Quanto tempo iremos demorar para entender que esse tipo de controle é comum entre os acordos diplomáticos internacionais? Estamos em uma época na qual a informação é o que mais importa, se os países declararem guerras por coisas como o petróleo, o que não farão para poder ter acesso a esses dados?

No momento a única coisa que podemos fazer é esperar que tudo seja apenas para o bem da segurança internacional e para evitar ataques terroristas, embora a tentação de obter segredos comerciais e tudo que possa gerar vantagens diplomáticas seja muito grande para ignorá-la.

Imagem: Secure mail de shutterstock.com