Herbário virtual interativo leva flora brasileira à Internet

!1

A partir de agora, nem só em matéria de futebol e carnaval o Brasil vai ser referência, pois nossa flora brasileira já está acessível em um herbário virtual, com direito à centenas de milhares de imagens em alta resolução, para pesquisador nenhum botar defeito!

No melhor estilo “wiki”, o herbário, está disponível de forma gratuita online, ajudando a um maior conhecimento de nossa flora brasileira, assim como sua conservação, solucionando dúvidas sobre a distribuição geográfica de cada espécie vegetal, para isso contando com nada menos que 420 mil fotografias de plantas prensadas e desidratadas, muitas delas colhidas por naturalistas europeus nos séculos XVIII e XIX.

O objetivo desse projeto, segundo sua coordenadora, Rafaela Campostrini Forzza, é ampliar a quantidade de dados disponíveis, e , dessa forma, responder que espécies estão extintas e também quais estão perto da extinção, o que poderá ajudar a tirá-las desta lista.

O mais legal desse projeto, é a possibilidade da interatividade, assim como a Wikipédia, permitindo que os pesquisadores de todo o mundo acessem o banco de dados e possam editar on-line qualquer dado que julgarem estar errado ou incompleto, sem supervisão de moderadores.

Ou seja, a partir de agora, os 500 taxonomistas inscritos na rede de colaboradores, de forma gratuita, já podem investigar a flora e alterar a informação de qualquer espécie.

O herbário é composto por amostras de plantas brasileiras colhidas entre os séculos XVIII e XIX que se encontram nos Jardins Botânicos Reais em Kew (Reino Unido), no Museu Nacional de História Natural de Paris, além do vasto acervo do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, criado em 1890. Mas o site também possui ferramentas que auxiliarão os pesquisadores, como a que permite medir a dimensão das pétalas, caule e frutos, assim como, uma paleta de cores para ajustar a tela e ver perfeitamente as imagens de alta resolução, que chegam até a 600 dpi.

Certamente, os usuários comuns não poderão editar a base de dados do herbário, embora, possam acessar à ferramenta completa de busca, que permite navegar por toda a flora do Brasil, incluindo a amazônica, e pelas diferentes épocas nas quais foram colhidas as amostras.

Os criadores do herbário virtual esperam expandir seu acervo até perto de 1 milhão de amostras em 2015.

Link: reflora.jbrj.gov.br | Via G1