Napster reestreia como mais uma opção de serviço de streaming de música

Capturar 1

Para a alegria dos muitos amantes de música, acaba de ser lançado mais um serviço de streaming musical por aqui, o bom e conhecido Napster (responsável por lançar em 1999 o primeiro serviço de compartilhamento de músicas no formato MP3, desesperando a indústria fonográfica), está reestreiando, só que como mais um serviço de streaming de música pago no país, em substituição ao Sonora, do Terra.

Seguindo o mesmo modelo de negócios que já é utilizado nos países europeus desde junho, tendo a venda de acesso ilimitado à biblioteca musical do serviço já começará a funcionar em novembro, com acesso ilimitado ao seu catálogo que conta com mais de 10 milhões de músicas, que poderão ser acessadas em smartphones, tablets ou PCs, assim como quem quiser também poderá salvar as músicas nos dispositivos para ouvi-las offline.

Os usuários contarão também, além das músicas, com notícias sobre suas bandas e cantores favoritos, assim como biografias, curiosidades, mas tudo isso com interação entre os usuários.

Porém, vale lembrar que além do Napster, no Brasil temos outras opções de serviços de streaming musical tais como o Rdio, Deezer, Rara e Sony Music Unlimeted.

A partir de 1º de novembro todos os usuários do Sonora serão migrados automaticamente para o Napster.