Deezer apresenta sistema de recomendação musical e um “Dropbox para a música”

Terminou o evento de apresentação do novo Deezer (deezer.com) em Londres e aqui contamos o que Axel Dauchez, CEO da companhia, mostrou.

deezer

Recomendações inteligentes

recomendaciones
Deezer, que já chegou aos 5 milhões de assinantes e 12 milhões de usuários mensais, já é uma das melhores soluções que temos para escutar música desde o computador, TV e dispositivos portáteis, porém, nunca pôde se gabar por ter um sistema de recomendação inteligente, como o que apresentaram hoje.

Serão vários editores especialistas de todo o mundo os responsáveis por construir, junto a um algoritmo desenvolvido por Deezer, um feed de títulos e artistas baseado no que temos escutado, na atividade que realizarmos em nossa lista musical e na qual marcarmos como favorita. Podemos escutar o que forem nos recomendando e ir indicando se gostarmos ou não, permitindo, assim, que Deezer aprenda mais sobre nossos gostos.

A função ‘HEAR THIS’ amplia as possibilidades de descobrir música, ao combinar a inovação tecnológica com o conhecimento da equipe de editores de Deezer, que selecionam manualmente e recomendam as melhores novidades da música do mundo inteiro. ‘HEAR THIS’ proporciona recomendações diárias baseadas na música que esteja escutando, os últimos lançamentos de suas bandas favoritas, e as listas de reprodução de seus amigos, assim como também recomendações escolhidas pelos experts em música de Deezer. Desta forma, terá sua seleção de música, escolhida pessoalmente pelos editores e adaptado à você.

deezer

Pode ver sua funcionalidade no vídeo abaixo, função que estará disponível a partir do dia 12 de novembre para computadores e 19 de novembro para dispositivos móveis:

Explorador

O sistema de busca melhorou incluindo agora uma seção que permite navegar por recomendações filtrando por gênero e região, com títulos de várias categorias e o nome do usuário responsável pela recomendação.

deezer

Se filtrarmos por região, por exemplo, podemos ver álbuns classificados por distribuição geográfica, permitindo desta forma acessar a música típica de certos países de forma rápida e simples.

O Dropbox da música

deezer

A apresentação terminou com um novo aplicativo, no momento para Mac, com lançamento previsto para antes de terminar o ano e com versão para Windows sem data ainda determinada, que permitirá ter as músicas armazenadas em nosso computador, com formato .dz, sincronizadas com nossa conta do Deezer. Ao executar cada arquivo veremos como a música é aberta no reprodutor de deezer, sendo possível navegar por listas da mesma forma que fazemos online, tal qual podemos ver na imagem acima.

Os arquivos podem ser enviados por email, compartilhados de qualquer forma, embora sempre seja necessário ter uma conta no Deezer para poder executá-los. O novo reprodutor permitirá também buscar temas e será possível sincronizar músicas com iTunes, dando uma nova vida a um aplicativo que até agora não havia se preocupado muito com a existência “física” dos arquivos que escutamos.

[…] unifica sua coleção de música. Independentemente do formato do arquivo, sua biblioteca de música pessoal iTunes se sincroniza automaticamente com Deezer, o que significa que terá acesso a sua coleção inteira de qualquer lugar. Quer dizer, poderá acessar o catálogo completo de 30 milhões de músicas do Deezer, assim como sua música favorita de sua biblioteca pessoal desde o mesmo aplicativo.

Sem dúvida, grandes novidades para um serviço que está começando a incomodar muito o Spotify que, segundo os números divulgados há algumas semanas, só tem, aproximadamente, 20% a mais de assinantes em todo o mundo, porcentagem que foi reduzida bastante durante o último ano.