Baidu estreia no Brasil com serviços gratuitos

imagem_baidu_bing

Visando concorrer com a Microsoft e o Google, o gigante chinês de buscas, Baidu, estreia no Brasil, com serviços gratuitos para web, PCs e dispositivos móveis, pretendendo, certamente, aumentar o número de usuários de internet no país, eles esperam que nos próximos 3 anos mais 43 milhões de brasileiros estarão na internet e precisarão de uma plataforma acessível.

Vale ressaltar que o Brasil é o primeiro país das Américas a contar com os serviços da empresa traduzidos para o idioma local e entre seus muitos produtos do Baidu que estão chegando por aqui estão o navegador de internet Spark, o portal de conteúdo Hao123, o PC Faster, que analisa a máquina do usuário para melhorar seu desempenho, um antivírus, além de outros aplicativos móveis.

Porém, por ainda estar em fase de testes, seu buscador, que é o principal serviço do Baidu, ainda não foi lançado no Brasil, pretendem, no entanto, estar lançando o buscador no início de 2014.

Na verdade, introduzir esse buscador por aqui não será tarefa das mais fáceis, já que Microsoft e o Google são donas dos serviços mais populares no país, por exemplo, o Google Brasil é usado em 82,75% das buscas feitas por brasileiros, seguido pelo Google.com, com 8,79%, e pelo Bing, da Microsoft, com 4,48%.

Para quem não sabe, o Baidu é o segundo buscador mais usado no mundo em desktops, com 16,49% de participação, vindo depois do grande gigante Google, que lidera o segmento com 71,04%. Já nos dispositivos móveis (smartphones e tablets), o Google detém 91,05% de participação seguindo por Yahoo (5,26%), Bing (2,48%) e Ask (0,34%), enquanto o Baidu está na quinta posição com 0,21%.

Segundo Yan Di, diretor-geral da Baidu no país, os brasileiros não têm uma imagem muito boa dos produtos chineses, o que será um grande desafio, mas, por outro lado, a China evoluiu bastante em termos de tecnologia e é só questão de tempo para que os usuários percebam isso, certamente, essa mudança da imagem é um dos objetivos do Baidu.

Já na China, o Baidu afirma que é o site líder em buscas com 80% de participação, lembrando que empresa atua no Japão, Coreia do Sul, Vietnã, Tailândia, Indonésia, Filipinas, Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes. Enfim, segundo Baidu, seus servidores estão espalhados pelo mundo e que não há riscos do governo chinês interceptar dados brasileiros.

O retorno financeiro, no entanto, não é a maior preocupação da empresa, pelo menos, no momento, a empresa, fundada em 2000, é avaliada em US$ 56 bilhões e em 2012 teve US$ 3,6 bilhões de lucro, segundo a própria companhia.

4 Comments