Hotfile é fechado e terá que pagar 80 milhões por violação de direitos autorais

hotfile

Pois é, em uma nota de imprensa de mpaa.org (Motion Picture Association of America), divulgada em gigaom, informam que o famoso serviço Hotfile, criado para permitir compartilhar arquivos entre usuários, não só fechará suas portas como também terá que pagar 80 milhões de dólares por infração de copyright.

Esse teria sido o acordo: fechar e pagar. A sentença outorga danos e prejuízos contra Hotfile equivalente a 80 milhões de dólares.

O senador Chris Dodd, presidente e CEO da Associação Cinematográfica da América, comentou que se trata de outro passo importante para a proteção de uma Internet que trabalha para todo o mundo.

Sites como Hotfile, que se beneficiam ilegalmente aproveitando a criatividade e o trabalho duro de outros, são um grave prejuízo para o público, que merece alta qualidade, experiências de visualização legítimas online.

Hotfile acaba, igual acabou megaupload. Poucos souberam se adaptar. A indústria do cinema continua sem apostar 100% em projetos que permitam que o público possa ter acesso a um conteúdo mais recente, a um bom preço e com boa qualidade via Internet, e muitos serviços de armazenamento de arquivos continuam sem encontrar uma forma de sobreviver sem cruzar a linha do ilegal. MediaFire pode ser uma exceção, serviço que recentemente mostrou interesse em competir com Dropbox usando um sistema de sincronização de arquivos entre dispositivos, embora a maioria dos sites de download direto parecem estar com os dias contados.