China utiliza impressora 3D para construir casas por 5.000 dólares cada uma

china

Faz apenas um mês que mostramos como a China utilizará drones para lutar contra a poluição, drones que dispararão produtos químicos no ar, congelando os produtos contaminantes e os fazendo cair ao solo.

E o país continua com seus incríveis avanços em robótica e também na impressão 3D, tanto que agora a companhia WinSun começou a utilizar impressoras 3D para construir casas individuais em um só dia, segundo explica a BBC. WinSun utilizou quatro impressoras de 10 m x 6.6m x 150 m para poder criar as casas partindo de um conglomerado de materiais e cimento reciclado com os quais vem realizando a construção por camadas.

Partindo do princípio de que não é preciso nenhum trabalhador manual, ou de que os materiais são baratos ou reciclados, o preço total por casa sai em média por 5.000 dólares. Sendo agora possível imprimir casas com qualquer desenho digital recebido, se o cliente não se preocupar com os materiais de construção utilizados.

A empresa espera levar adiante o processo e poder até chegar a construir arranha-céus e outras estruturas com esta técnica, apesar de se encontrar no momento, com algumas limitações legais.

Veja abaixo um vídeo que mostra mais detalhadamente esse processo de construção: