As mensagens secretas de Snapchat são realmente… secretas?

sshot-15Snapchat sempre se apresentou como o serviço que permite enviar fotos que se autodestroem instantaneamente, sem possibilidade de recuperá-las, guardá-las ou compartilhá-las com ninguém. De fato, muitos dizem que a única forma de guardar ou salvar uma foto recebida por snapchat é fotografando o dispositivo com outro dispositivo.

Pois é, mas parece que a coisa não é bem assim, não…

Em The New York Times foi publicado um artigo explicando em detalhes a situação: A Comissão Federal de Comércio nos Estados Unidos comentou semana passada que Snapchat enganou os usuários sobre a privacidade de suas fotos. Snapchat admitiu que existem usuários que já conseguem burlar o sistema de “apagar imediatamente o conteúdo”, quer seja capturando a tela ou baixando aplicativos de terceiros, por isso, terão que reformular sua carta de apresentação para deixar isso bem claro aos usuários. De fato em buzzfeed já explicaram há uns dois anos como é possível salvar vídeos enviados “secretamente” via snapchat.

A FTC também acusou Snapchat de recolher secretamente informação privada dos usuários através de sua função de “Buscar amigos”, acessando informações do contato.

Sob os termos do acordo entre a FTC e Snapchat ficou claro que à partir de agora será proibido distorcer aspectos da privacidade e confidencialidade da informação de usuário. A empresa terá que iniciar um programa de privacidade de grande alcance e será supervisionada de forma independente por 20 anos, com enormes multas no caso de violação ao acordo.

Quer dizer, se uma empresa promete privacidade absoluta, ela tem que oferecer exatamente isso, sem exceções, sem oferecer alternativas para burlar esta promessa. O que está claro es que, como já podemos comprovar nesses últimos meses, a privacidade na Internet é uma fantasia, quem pensa que uma foto enviada via Snapchat não poderá nunca ser recuperada… vive intensamente nela.