Betty, um programa que transforma nossas ordens em comandos para computadores

Os administradores de sistemas, programadores e demais donos do mundo digital estão acostumados a mudar de chip na hora de falar com um computador. Comandos como ls, chmod e outras ordens em linux são o dia a dia de milhares de pessoas, embora agora tenha sido dado um passo à frente para que este tipo de ação não dependa de memorizar palavras e sim, intenções.

Se trata de betty (github.com/pickhardt/betty), um sistema que escuta em inglês tradicional o que queremos e o transforma nos comandos clássicos de unix, permitindo que para mudar as permissões de um diretório só tenha que ser indicado coisas do tipo: “betty, me torne o dono do diretório X“.

Foi apresentado em Wired.co.uk como um grande passo para que as máquinas possam nos entender de uma forma mais natural, nos aproximando, assim, do que podemos ver nos filmes de ficção científica.

betty

No momento não reconhece comandos de voz, é preciso escrever as ordens em inglês, e não entende tudo, nem muito menos, porém ao ter o código aberto pode ser bastante melhorado, traduzido em outros idiomas e, quem sabe, dar um passo para que receba as ordens por voz, o que seria realmente interessante.