Android Wear: Já no Google Play e no IFTTT

1 android wear play store ifttt

O Google+ anunciou um conjunto de apps para o seu relógio inteligente, Android Wear, com uma seção dedicada a eles na Google Play Store, são cerca de 20 aplicativos.

E o app de Android Wear vai ampliando a cobertura de dispositivos compatíveis e a oferta de ideias para serem exploradas: Agenda, configuração do Google Now para ativar os comandos de voz e receber notificações inteligentes, habilitação do registro de localizações, ativação do Google Fit para a gestão dos dados de saúde capturados pelos sensores dos dispositivos com Android Wear, uso do reconhecimento de contatos e mais informação sobre a aceitação das políticas de privacidade.

Por outro lado o canal de ifttt de Android Wear já começa a mostrar as primeiras receitas para combinar serviços externos com os registros do novo sistema operacional para wearables: apagar as luzes, mostrar uma notificação se uma meta de calorias estabelecida em Fitbit não é alcançada, publicar um mapa no Facebook com nossa atual localização e enviar automaticamente um SMS a determinada pessoa quando estiver chegando em casa depois do exercício, entre outras tarefas.

Lembrando que o Android Wear foi oficializado durante o Google I/O, no último dia 25, e com eles alguns dispositivos como o LG G Watch (US$ 229) e o Samsung Gear Live (US$ 199), que já estão à venda, e o Moto 360, da Motorola (ainda sem preço divulgado).

Quem optar pelo LG, poderá trocar as pulseiras, enquanto que quem optar pelo da Samsung contará com um sensor cardíaco, e sobre o da Motorola ainda não se sabe muita coisa. Embora tenham algumas pequenas diferenças entre eles em relação ao seu funcionamento, internamente, o G Watch e o Gear Live trazem a mesma CPU Snapdragon 400, 4 GB de armazenamento e 512 MB de RAM, e apesar das configurações do Moto 360 estarem sendo guardadas à sete chaves, ele não deve ser muito diferente.

Google criou uma página reservada na Play Store com os aplicativos criados para o Android Wear, sendo possível encontrar opções famosas como Google Maps, Evernote, Pinterest, Banjo, Duolingo, The Guardian, Reuters, Hangouts, entre outras.

Vale ressaltar que alguns dos apps já anunciados ainda não estão disponíveis no Brasil.