Microsoft substitui sua galeria de Clipart em Office pelas imagens de Bing

Quem vem usando Microsoft Office nos últimos anos certamente já notou a famosa galeria de tradicionais desenhos que podem ser incluídos nos documentos, uma galeria de cliparts que sempre está presente para se ilustrar documentos sem medo de violar nenhuma lei de direitos autorais, nem licença de uso das imagens.

Agora, no entanto, chegou o momento de se despedir desta galeria, já que a Microsoft anunciou que, ao clicar na nova seção em Office (Insert>Online Pictures), se verá o buscador de imagens de Bing, com o filtro de licença Creative Commons ativado para “se assegurar” de que esteja acessando fotografias que possam ser publicadas nos trabalhos.

Embora possa parecer uma boa ideia, existem duas razões que mostram que isso não é bem assim:

– O filtro de licenças de Bing, e o de Google, não funcionam de forma adequada. Os buscadores não conseguem chegar a origem de uma foto na Internet, o que quer dizer que a licença mostrada pode ser a de um blog que a “roubou” de algum lugar. Se existe uma foto protegida por direitos autorais em um site de moda, por exemplo, e um blog a copia sem permissão e a divulga em um artigo sob licença Creative Commons, os buscadores (tanto google como bing) a mostrarão como “livre de uso”, prejudicando o autor original, que não só terá que contactar o primeiro blog, como também, todos que replicaram a imagem pensando que não teria problema.

– As imagens com Licença Creative Commons necessitam mencionar a fonte e o autor da obra. O buscador de imagens de Bing incorporado em office não oferece essa informação, por isso incentiva as pessoas a usarem as fotografias como se fossem de domínio público, não Creative commons.

Estes problemas permitirão que milhares (milhões) de trabalhos de todo tipo usem imagens protegidas, ou com licença Creative Commons sem atribuição, o que pode gerar um caos no setor. É possível que Bing tenha tido um especial cuidado em seu novo filtro e só esteja indexando fotografias que tenham absoluta garantia de livre uso, embora pela imagem divulgada neste novo serviço parece que isso não é bem assim… (a foto do Motorola DynaTAC 8000X é de Lawrence Manning, licenciada por Corbis)