Sites com banners de aplicativos exagerados serão penalizados pelo Google

Boa notícia para usuários que não aguentam mais visitar páginas, mesmo com o rótulo de “Mobile-Friendly” (bem visualizados através de dispositivos móveis) e volta e meia se deparam com um anúncio enorme, até mesmo em tela cheia, cobrindo o conteúdo e sugerindo que se instale a app do site, algo mais ou menos assim:

banner gigante

Pois é, esse problema pode estar chegando ao fim, pois, a partir de 1 de novembro, quem tiver uma página e usar qualquer tipo de promoção de apps em tela cheia, em vez de discretos banners que não ocultem o conteúdo do site, perderá o rótulo de “amigável para móveis”, ou seja, será afetado nos resultados do Google.

As razões são super simples: a usabilidade do site se vê prejudicada em todas as páginas que apresentam tal promoção, pois não são poucos os usuários que se frustram esperando ver o que precisam, mas, em vez disso, se deparam com banners, nada sutis e bem-vindos.

Além do mais, vale ressaltar que já existem muitas opções de ferramentas para implementar banners discretos e talvez até mais efetivos tanto em Chrome (com os Native App Install Banners) assim como em Safari (Smart Banners), com resultados como os que podemos ver abaixo:

banner discreto

Enfim, já foi atualizada a ferramenta que o Google oferece para comprovar se o seu site pode ser considerado como “Mobile-Friendly” pelo buscador, logo, se não aparecer tal rótulo, apesar de até ter um elegante design responsive, seu site começará a ver seu posicionamento afetado e o motivo pode ser esse, o uso indevido de banners.

Quem estiver nessa situação, já sabe, o prazo para fazer as devidas mudanças vai até 1 de novembro. 

Mais informações: Google Webmaster Central Blog