Nova tecnologia ajuda a estimulação sensorial em crianças autistas

Uma equipe da Universidade de Michigan está desenvolvendo uma pesquisa cujo objetivo é a integração de uma nova tecnologia que proporciona experiências sensoriais às crianças com autismo.

Na verdade, utiliza interfaces táteis com sensores e combinações de luzes, que com o tato podem trocar de cores ou projetar imagens, dependendo da pressão que é feita.

A partir desta tecnologia denominada Sensory Surfaces Social, é possível trabalhar no desenvolvimento de habilidades motoras (motricidade fina e grossa), já que de uma forma muito visual é possível ver os efeitos de seus movimentos.

Universidad-Michigan

Leia também: GOOGLE GLASS PODE AJUDAR CRIANÇAS AUTISTAS

E a medida que as crianças reagem a estes estímulos, podem integrar outras ferramentas para o desenvolvimento de outras habilidades e ir fomentando a interação social. A ideia final deste projeto é que as crianças possam explorar não só um lugar em que se sintam à vontade e seguras, como diferentes experiências sensoriais.

Esta pesquisa ainda está em desenvolvimento, avaliando como criar cenários que envolvem crianças com autismo, e como adapta-los às necessidades de cada uma delas.

Podemos ver a dinâmica deste projeto no seguinte vídeo:

Leia também: NOVO MONITOR DE NÍVEL DE GLICOSE NO SANGUE PARA AJUDAR OS DIABÉTICOS

Mais detalhes desta pesquisa, que começou no ano passado, encontraremos na Universidade de Michigan.