Google cria mundo virtual em 3D para pesquisadores de Inteligência Artificial

deepmind-lab

Google DeepMind, filial de Alphabet que trabalha com Inteligência Artificial, apresentou um mundo virtual tridimensional aberto para investigadores do mundo inteiro poderem experimentar e alterar o que considerarem necessário.

Leia também: A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL CHEGA À GESTÃO DE TAREFAS

Se trata de DeepMind Lab, um mundo 3D que parece Doom, já disponível em GitHub, com laberintos, paredes, blocos e uma bola voadora que pode se mover pelo mundo em questão, percebendo seu ambiente e realizando ações simples. O objetivo é que programas de Inteligência Artificial que usarem este mundo possam realizar tarefas de todo tipo para aprenderem, recebendo recompensas para que a evolução tenha significado. Entre as tarefas incluem recolher frutas no labirinto, ou atravessar passagens estreitas sem cair.

Segundo Shane Legg, cientista chefe e cofundador de DeepMind, o objetivo principal é fazer com que outros motores (agentes) de inteligência artificial possam perceber e entender seu ambiente, e com um mundo tridimensional aberto e personalizável, podendo criar desafios mais complexos e visualmente mais ricos.

Ter sistemas de Inteligência artificial trabalhando dentro de um ambiente tridimensional também pode ter benefícios para o desenvolvimento de algoritmos para controlar sistemas que funcionam no mundo real, como os robots industriais.

A plataforma tenta também ensinar estratégia em Inteligência Artificial, planejamento, gestão de tempo e controle dos movimentos. Em vez de ter acesso ao código direto do ambiente 3D, o Laboratório só permite aos sistemas de IA, observar os pixels da mesma forma que um ser humano, ou seja, têm que aprender a ver e diferenciar objetos.

Por outro lado, ver como os robôs aprendem em um mundo simulado, pode ajudar a entender melhor como aprendem os seres humanos, o que pode ajudar a mudar o sistema de ensino atual em um futuro distante.

Leia também: PRISMA, PARA DAR UM TOQUE ARTÍSTICO NAS FOTOS COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Veja abaixo o Deepmind Lab em vídeo: