Easil e Canva, as duas grandes plataformas de criação de banners

Criar imagens para publicar nas redes sociais não é mais uma tarefa só para quem trabalha com Photoshop. Hoje já existem muitas ferramentas na Internet que nos ajudam a criar e desenhar arrastando componentes e personalizando elementos, e há dois gigantes nessa categoria que vale a pena destacar.

easil

Por um lado temos Easil.com, uma fantástica opção com milhares de banners pré-desenhados de todo tipo: post para Facebook, convite de aniversário, capa para o Twitter, fundo de TV… dezenas de categorias para tornar mais simples trabalhar com os tamanhos que cada destino requer. Tem uma oferta de desenhos maior que a de canva, com centenas de opções, e os assinantes (10 dólares por mês) podem multiplicar essas opções a qualquer momento, obtendo também funções de classificação de imagens próprias, entre outras.

Leia também: CANVA APRESENTA SUA VERSÃO PARA CRIAR BANNERS NO IPHONE

Easil permite duplicar desenhos, subir nossa própria fonte, subir imagens, incluir ícones, buscar imagens de stock já incluídas na assinatura, arrastar diferentes tipos de textos e banners, criar mais de uma página para um mesmo desenho, classificar os desenhos em pastas (cada pasta poderia ser um cliente, por exemplo), exportar em PNG, JPG ou, inclusive, em PDF em caso de ser um documento de várias páginas… são muitas funcionalidades que Canva.com já oferecia, porém, faz apostando por uma maior oferta de desenhos que podemos personalizar.

canva

Canva, por outro lado, com mais experiência (tem muito mais tempo de vida) e um maior equipe, é mais intuitivo em seu uso, tem recursos web mais amigáveis, porém, não oferece tanta variedade como deveria, por isso, com o tempo é fácil se cansar dos mesmos banners. Canva já tem uma função para trabalho em equipe, algo que Easil ainda não oferece, e tem um modelo de negócio um pouco diferente: cobra por cada uso que fazemos de seu material premium, embora custe só um dólar, mas, com um uso mais intensivo acabaria saindo mais caro que Easil.

Leia também: DESIGNFEED, INTERESSANTE OPÇÃO PARA CRIAR BANNERS PARA REDES SOCIAIS

Em ambos os casos podemos desenhar do zero, por isso, os mais criativos não terão problemas no tema de variedade: os elementos que podamos usar são muito semelhantes, e os ícones sempre podem ser obtidos em fontes externas, aumentando, assim, as possibilidades do resultado.