Primeiras impressões do Google Wave

Para os que não receberam um dos 100.000 convites que se enviaram a várias pessoas do mundo todo, aqui deixo as primeiras impressões escritas no lifehacker com capturas de telas do ambiente de desenvolvimento da plataforma.

Podem clicar nas imagens para aumentar seu tamanho.

Cada vez que fale do Wave, com maiúscula, falarei do produto. wave, com “w” minúscula, faz referência a algum fio de comunicação existente no sistema.

Entrando no Google Wave

wave

O primeiro que vemos são três colunas num layout de quatro módulos. Na esquerda podemos ver um menu de navegação e os contatos na parte inferior. A segunda coluna inclui os waves da nossa caixa de entrada e a terceira coluna é onde poderemos criar e abrir novos waves.

Quando alguém atualiza uma conversa (wave) na nossa caixa de entrada, fica em negrito subindo na parte superior da coluna. Se o contato está online veremos um ponto verde ao lado do ícone.

Todos os módulos podem ser ocultos na parte superior da tela. Se algum deles se atualiza, fica iluminado de verde.

Editando um wave

modulos de google wave

Dentro de um wave podemos escrever textos, links, mapas, vídeos… um editor muito intuitivo. Ao terminar podemos escolher a lista de participantes do wave, escolhendo entre nossos contatos. Para isso apenas temos que apertar no botão Add participants:

partipar Google Wave

Depois de compartilhar o wave é possível ver as respostas realizadas pelos nossos contatos, respostas que podem ser feitas para cada linha, não apenas no documento completo. Estas respostas podem se ver ao mesmo tempo que estão sendo escritas, permitindo uma comunicação em tempo real.

comentarios en Google Wave

Os comentários podem ser ocultos ou ampliados, conforme vemos na imagem superior.

Qualquer resposta pode ser pública ou privada, de forma que fica simples controlar quem ve a informação em qualquer momento. As respostas são novos waves, de forma que é fácil adicionar os mesmos recursos que no wave original, gerando novas linhas de conversas independentes.

respuestas privadas

Em qualquer momento podemos ver o vídeo de geração de um wave. Google Wave grava constantemente todo o que está sendo feito para poder ser analisado posteriormente.

Podemos também buscar, classificar e organizar a informação em pastas, um recurso que muitos desejavam faz tempo no Gmail.

Gadgets e Robôs no Google Wave

gadgets-en-Google-Wave

Da mesma forma que no Firefox, Google Wave tem uma boa quantidade de gadgets que podemos incluir em qualquer wave. Desde jogos até aplicações que facilitam a comunicação de um grupo, como 6rounds, ou a oferecida pelo Rabiit para estabelecer uma audioconferência depois de obter os números de telefone dos participantes do wave.

Os Robôs são emails que podemos adicionar como participantes de um wave e que podem realizar tarefas preprogramadas. Três exemplos:

blog-wave@appspot.com: pode publicar um wave no blogger de forma automática
elizarobot@appspot.com: pode conversar com qualquer usuário sobre qualquer coisa (com sua limitada inteligência, é claro)
polly-wave@appspot.com: cria enquetes e as envia aos contatos

Aqui tem uma lista de componentes que podem ser adicionados em qualquer wave: http://wave.google.com/help/wave/extensions.html

Espero que tenham gostado, agora esperemos o convite e a trabalhar!

3 Comments