tyrannybook – Rede social criada por Amnistia Internacional para vigiar tiranos

Faz alguns dias Amnistia Internacional de Portugal lançou uma rede social, com um aspecto muito semelhante ao Facebook, onde pretendiam cadastrar os tiranos políticos do mundo todo. tyrannybook.com teve um sucesso tão grande que chegaram a mais de dois milhões de visitas em muito pouco tempo, superando os recursos técnicos que tinham previsto para o projeto.

Na nota que podemos ver hoje no site animam a ficar atentos, já que pretendem voltar quando tenham uma melhor infraestrutura.

Na rede tinham o perfil de tiranos como Radovan Karadzic da Servia uo Hu Jintau da China, todos eles elaborados por Amnistia e atrualizados para que os usuários possam seguir e vigiar suas ações pela Internet, com possibilidade de comentar as ações dos políticos.

A aplicação foi anunciada na televisão espanhola mostrando uma fotografia do ex-presidente Aznar, gerando enorme polêmica, desculpas ao partido e investigações para descobrir quem foi o responsável por mostrar a imagem na notícia..