Mapa interativo com os documentos da Wikileaks

Ainda que não estejam os 250.000 documentos divulgados (passarão muitas semanas até que estejam todos eles analisados), o mapa que publicou The Guardian é o bastante intuitivo como para merecer uma menção especial.

Podemos filtrar por países emissores do documento ou por país que esteja sendo referenciado, lendo o título com apenas apertar o ponto com o mouse.

Um recurso mais para ampliar a lista de redes sociais que comentei faz dois dias para poder estar informados sobre o tema.