Aplicativo web faz análise de 4% dos livros publicados na história da humanidade

Uma equipe de investigadores da Universidade de Harvard, dirigido pelos investigadores Jean-Baptiste Michel e Erez Lieberman Aiden, analisou livros digitalizados para quantificar tendências culturais e históricas, tendo assim um fóssil digital da cultura da humanidade.

Comentam na Plataforma Sinc:

Os investigadores realizaram um seguimento da frequência das palavras nos livros durante os diferentes anos para entender melhor os assuntos tratados na memória coletiva da humanidade […] como a adoção da tecnologia, a dinâmica da fama e os efeitos da censura e o marketing.

Durante quatro anos trabalharam junto com Google, a Enciclopédia Britânica e o American Heritage Dictionary, para oferecer os dados que podemos baixar no ngrams.googlelabs.com, onde também oferecem a possibilidade de analisar os dados com gráficos.

Este conjunto de dados é maior do que qualquer obra anterior, resultado de analisar 5,2 milhões de livros com mais de 500 bilhões de palavras no total.

Podem obter mais informação no nytimes.com.

One Comment