Facebook apresenta Anúncios Premium

http://wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/02/captura-421-600x313.jpg

Sheryl Sandberg, COO de Facebook, anunciado ontem em Nova York algumas novidades relacionadas com o mundo do marketing nessa rede social.

Entre outras coisas expressou sua preocupação em aproximar as marcas às pessoas e afirmou que o marketing social está e deve permanecer nas mãos de profissionais, e não em ferramentas, embora o Facebook possa ajudar, e muito, nesse trabalho.

Pouco depois o vice-presidente do Facebook, Chris Cox, afirmou também que as marcas na plataforma são seus melhores criadores de conteúdo.

E Mike Hoefflinger, Diretor de Marketing Global de Negocios também falou, mas desta vez em como os meios sociais estão trazendo de volta a relação entre clientes e marcas, falou também da importância das novas páginas de empresas no Facebook e por fim anunciou a novidade: Facebook Premium.

Facebook decidiu converter a sua rede social em uma plataforma de marketing de massa, e para isso apresentou Reach Generator, uma ferramenta que garante que o conteúdo publicado pelas marcas seja visto por 75% de seus fãs. De acordo com Hoefflinger, nos testes realizados conseguiram duplicar sua participação total e aumentar as vendas num retorno de investimento 3×1.

Embora não se saiba muitos detalhes sobre como funcionará a ferramenta, tudo indica que as notícias divulgadas pelas marcas poderão ser enviadas ao NewsFeed do Facebook para aumentar sua visibilidade, incluindo também publicidade quando os fãs deixarem sua sessão do Facebook. A empresa decidirá o que quer divulgar, contratará o Facebook e a rede social se encarregará de apresentá-la de várias formas entre sua comunidade de fãs.

Segundo informam em InsideFacebook, estes anúncios Premium só poderão contratar-se diretamente com os representantes de Facebook, sem um painel de controle de estilo Google Adwords que permita a qualquer uma aparecer em todas as páginas de nossos fãs.

No momento afetará ao público dos Estados Unidos a partir de abril, mas estaremos atentos para ver sua evolução, por exemplo, quando chegará a outros países assim como a reação dos usuários ante esta notícia.

Para maiores informações, acesse InsideFacebook.