Snapchat desenvolve sua própria função de eventos


Snap Inc, a empresa por trás do aplicativo social Snapchat, está atualmente desenvolvendo um recurso interessante que fará com que os usuários passem mais tempo em seu aplicativo e também dependam menos de seu rival mais direto, o Facebook Inc, através de suas diferentes propriedades.

Como acaba de compartilhar Jane Manchun Wong em seu perfil do Twitter, Snap está desenvolvendo a nova função de eventos para Snapchat.

Leia também: SNAPCHAT QUER QUE OS USUÁRIOS POSSAM ADICIONAR MÚSICA ÀS PUBLICAÇÕES EFÊMERAS

Ainda é cedo para conhecer a fundo essa nova função, mas de acordo com a captura mostrada por Wong, os usuários podem criar seus próprios eventos e convidar seus contatos, que podem participar do bate-papo de um grupo específico para esses eventos a partir dos próprios convites.

Também é interessante saber que a nova função permitirá atribuir eventos criados a locais específicos no Snap Map. Não podemos esquecer que há mais de um ano, Snapchat introduziu um recurso que permite conhecer não apenas onde os contatos estão a cada momento, desde que compartilhem suas localizações, como também, conhecer mais histórias e eventos atuais em todo o mundo.

Mais recentemente, Snapchat começou a testar a função de registrar lugares e atividades na Austrália, mostrando-se de forma geolocalizada dentro do Snap Map através dos BitMojis correspondentes.

Com isso, parece que estamos diante de uma virada bastante interessante, com o objetivo de voltar a conquistar parte do mercado que perdeu (ou arrebataram a base de cópias).

Leia também: TINDER FAZ PARCERIA COM SNAPCHAT PARA COMPARTILHAR MOMENTOS QUE DESAPARECEM

Depois de vários anos em que muitos de seus recursos foram copiados pelo Facebook Inc. em suas várias propriedades, parece que Snapchat quer contar com recursos presentes no Facebook para torná-los disponíveis para seus usuários, que por sua faixa etária, são usuários bastante habituais do Instagram, plataforma social que carece de algumas funções para as necessidades desses usuários, e que o Snapchat poderia cobrir.