Tinder Lite, a versão leve do aplicativo de namoro


Assim como o Facebook, Messenger e até Spotify, Tinder decidiu oferecer uma versão Lite para usuários móveis com poucos recursos.

Assim, anunciam a chegada ao Google Play, embora os primeiros a aproveitá-lo sejam os asiáticos (Sudeste Asiático).

Leia também: TINDER TERÁ UMA VERSÃO LITE VOLTADA AOS MERCADOS EMERGENTES

A empresa controladora do Tinder, a Match Group, pretende se expandir na região graças a um aplicativo que consome menos dados e onde os telefones celulares têm menos espaço de armazenamento. Dizem que Tinder Lite melhorará radicalmente o tempo de download sem deixar de lado a experiência principal do aplicativo, como os perfis “Curtir” ou “Não”, ou conversando com pessoas interessadas em nos conhecer.

Afirmam que a versão Lite funcionará mais rapidamente, consumirá menos bateria e reduzirá o uso da rede em 20% (algo essencial para quem tem um plano de dados limitado).

Leia também: MODO FESTIVAL, NOVIDADE DO TINDER PARA UNIR JOVENS EM FESTIVAIS DE MÚSICA

Elie Seidman, CEO da Tinder, dará mais detalhes sobre os planos de expansão do Tinder Lite em 11 de julho. No momento, sabemos que será lançado no Vietnã dentro de algumas semanas e que, depois, chegará a outros países vizinhos e à América Latina, portanto, os usuários que moram em outras regiões terão que ser um pouco mais pacientes.