Disney apresenta sistema para tornar os movimentos dos robôs mais realistas


O interesse da Disney pela robótica não é novidade, há muito tempo usa técnicas inovadoras para dar vida a muitos de seus personagens em filmes e parques de diversões, e ainda continua impressionando com alguns dos avanços apresentados.

Agora mostraram um sistema que pode ajudar a impedir que movimentos das peças do robô afetem demais as partes em volta.

Quando um braço se move, o tronco vibra e a cabeça é afetada por esse movimento. Se o robô é muito leve e o movimento é constante, essa vibração pode terminar em ondulações “incontroláveis” como as vistas no vídeo abaixo:

Leia também:FACEBOOK QUER NETFLIX, DISNEY E OUTROS SERVIÇOS EM SEU NOVO DISPOSITIVO DE CHAT DE TV

A pesquisa da Disney torna os robôs dinâmicos mais realistas, permite que os personagens robóticos façam movimentos rápidos sem vibrações excessivas.

Não é um tipo de sistema dinâmico de amortecimento de vibrações, mas sim, um sistema que suprime as vibrações usando uma ferramenta computacional descrita no artigo da Disney. O computador prevê como vai vibrar e envia instruções para os motores realizarem os movimentos adicionais muito leves (mas muito precisos) necessários para cancelar essas vibrações indesejadas enquanto faz o robô se mover como o animador deseja.

Ou seja: primeiro fazemos o robô se mover no computador, então simula o que esse movimento causará em outras partes e, finalmente, as instruções são enviadas aos sensores do robô físico para que movimentos sutis complementares sejam feitos para cancelar essas vibrações.

Leia também:GOOGLE JÁ PERMITE VISITAR OS PARQUES TEMÁTICOS DA DISNEY COM STREET VIEW

Essa técnica requer simulação e cálculo antecipado, e sua eficácia depende, em grande parte, de quão bom é o modelo do robô. É difícil fazê-lo com um robô muito complicado, já que cada ponto de flexão introduz outro grau de liberdade na equação, por isso, primeiro se ataca o amortecimento das vibrações de grande amplitude, que são as mais visíveis.

Se ainda não viu, confira o vídeo, vale a pena.