Slack traz novos controles e ferramentas de segurança para empresas


Slack, a conhecida ferramenta de comunicação e colaboração entre equipes, acaba de anunciaras novas funções de controle de segurança que começa a oferecer, e as que também oferecerá no futuro, às empresas para atender aos requisitos mais estritos possíveis.

Entre as novas funções de controle de segurança estão aquelas funções que permitirão aos administradores e gerentes da empresa escolher quem pode acessar o Slack e através de quais dispositivos, tudo para aumentar as proteções, bem como opções para evitar possíveis vazamentos de dados ou acesso indevido a dados confidenciais por aqueles que não devem ter acesso.

Nesse sentido, o requisito de uma camada de segurança adicional será permitido após o login por meio da Face ID, Touch ID, ou pelos códigos de acesso gerados.

Leia também:SLACK TRARÁ UMA EXPERIÊNCIA MAIS EFICIENTE A SEU APLICATIVO PARA DESKTOP

Também foram adicionados controles que permitem ativar a possibilidade de autenticação obrigatória após um período de tempo específico e a eliminação remota de sessões em dispositivos móveis ou desktop de um usuário específico em caso de problemas com esses dispositivos.

Posteriormente, Slack oferecerá controles de gerenciamento de sessão ao painel de administração e poderá até mesmo definir o número de dispositivos em que um usuário pode estar logado ao mesmo tempo, e já mais para o futuro, será possível detectar se um dispositivo está desbloqueado, e bloquea-lo, se necessário, além de exigir que o aplicativo seja atualizado para a versão mais recente.

Slack também está trazendo funções de controle de segurança destinadas a garantir que o acesso aos dados mais confidenciais e sensíveis esteja apenas nas mãos dos funcionários certos.

A esse respeito, por um lado, foram incorporadas ferramentas de lista branca de domínio, para impedir que funcionários façam login em áreas de trabalho não aprovadas, além da nova opção de restrição para baixar arquivos e copiar mensagens em dispositivos móveis.

Leia também:SLACK ANUNCIA MUDANÇAS PARA MELHORAR A PRODUTIVIDADE

Posteriormente, será permitido o bloqueio do download de arquivos de computadores que estão sob endereços IP não aprovados e o controle do navegador móvel, que permitirá que links compartilhados sejam abertos em navegadores móveis específicos estabelecidos pelos administradores, podendo incluir Blackberry Access entre as opções.