Como migrar todos os seus emails para o Gmail


Existem muitas pessoas que usam clientes de email tradicionais, dos quais oferecem serviços de hospedagem, para gerenciar seus emails diários, uma solução que geralmente funciona muito bem quando há poucos emails, mas que pode se tornar complexa quando temos vários gigabytes armazenados dessa forma.

Não há dúvida de que o Gmail é capaz de gerenciar essa quantidade de espaço, oferecendo filtros, ferramentas anti-spam, capacidade de pesquisa impressionante … e 15 gigabytes de espaço livre, o suficiente para a maioria das pessoas.

O problema é como migrar meus e-mails do meu cliente tradicional para o Gmail e não perder conteúdo durante a migração?

Então, embora existam várias maneiras de fazer isso, com Thunderbird é bem simples fazer isso.

Thunderbird é um cliente de email gratuito que podemos instalar no nosso computador. Depois de instalado, podemos configurá-lo para sincronizar com uma ou mais contas de email, para que as etapas executadas sejam:

– Configurar a primeira conta, a atual, usando IMAP como email de entrada e SMPT como de saída. Os dados de configuração IMAP geralmente são especificados na hospedagem de cada usuário, embora muitas vezes o Thunderbird os identifique automaticamente analisando o domínio do email.
– Deixar todos os emails da nuvem baixarem para o nosso computador. Sendo IMAP, eles serão refletidos, não excluídos do servidor e a estrutura das pastas também é respeitada. Tudo o que fazemos em nosso computador será refletido na nuvem e vice-versa.
– Acessar a seção de configurações do Google para permitir o acesso usando clientes de email externos.

Opção que devemos marcar como SIM

– Configurar a conta do GMail para a qual queremos migrar. Para isso, é só usar login e senha do nosso novo gmail (também pode ser uma conta atual), bem como as configurações de IMAP e STMP do Google:

Uma vez feito, veremos como no Thunderbird temos as duas contas, uma em cima da outra, e é só arrastar e-mails, mesmo pastas inteiras, de uma conta para outra, fazendo assim a migração. Quando arrastar uma pasta, os emails serão enviados para o Gmail em um processo lento, e esse processo não pode ser interrompido; portanto, tenha cuidado para que o modo inativo do sistema operacional não seja ativado.

A migração de 10 gigabytes de e-mails pode levar muitas horas, até dias, por isso é melhor ser paciente e migrar de pasta para pasta, para que você não precise recomeçar casoa cópia seja interrompida por qualquer motivo.