Google prepara Chrome para oferecer experiências imersivas de realidade virtual


Google está começando a dar os primeiros passos para trazer as funções de realidade virtual para a web. Em uma publicação oficial, a empresa apontou que a versão beta do Chrome 79 já possui a API do dispositivo WebXR.

Isso permitirá que os desenvolvedores criem experiências imersivas baseadas na Web, que podem ser desfrutadas por meio de telefones celulares inteligentes e algumas telas, como os casos de Realidade Virtual do Virtual Reality Quest, por exemplo.

A empresa observa que experiências imersivas baseadas na Web em breve chegarão a outros navegadores, como Firefox Reality, Oculus Browser, Edge e Helio do Magic Leap. Mais tarde, o Chrome e outros navegadores também terão recursos para Realidade Aumentada.

Além dessa novidade importante, Chrome 79 beta também adicionou a função de congelar abas nas áreas de trabalho, permitindo o congelamento daquelas abas que passaram mais de cinco minutos sem acesso, exceto aquelas que hospedam música ou vídeo, ou foram excluídos do congelamento.

Além disso, também tem a função de área de transferência compartilhada entre computadores e dispositivos Android, permitindo que a mesma área de transferência seja compartilhada com qualquer outro dispositivo que esteja na mesma conta do Google, oferecendo criptografia de ponta a ponta e começando a atingir um número ainda muito limitado de usuários, para estar disponível para todos em uma versão futura.

Também oferecerá experimentalmente a função de conexões DNS seguras através de DNS sobre HTTPS para 1% dos usuários, melhorando sua segurança, além de marcar sites como TLS 1.0 ou 1.1 como inseguros.

Todas essas novidades podem ser desfrutadas por todos os que baixam a versão beta do Chrome 79 ou esperam que o Chrome 79 vá para uma versão estável, atingindo oficialmente todos os usuários em 10 de dezembro.