Para enviar mensagens que se autodestroem quando lidas pela primeira vez


Enviar mensagens secretas pela Internet não é fácil. As capturas de tela, o cache, os bancos de dados que dizem excluir coisas e não o fazem… muitas empresas se esforçam para oferecer algo realmente privado, mas poucas conseguem.

Hoje vamos falar sobre um deles, e a ideia dele é muito boa.

Se trata de Burn.link, uma ferramenta da web criada pelo desenvolvedor Cody Mikol, capaz de permitir o envio de uma mensagem que se destrói após ser lida logo pela primeira vez.

Essa ferramenta foi criada como parte de sua iniciativa JustShipped, onde outros pequenos projetos interessantes podem ser vistos. O link Gravar permite enviar mensagens seguras e criptografadas que são autodestruídas uma vez visualizadas e, para esse fim, oferece um link com a chave de descriptografia.

A mensagem só pode ser descriptografada por alguém com esse link e, uma vez descriptografada, é permanentemente destruída. É importante observar que eles nunca veem o link com a chave de descriptografia e não podem ver nossos segredos. Somente nós e a pessoa a quem enviamos o link o conhecemos.

Também podemos ativar a verificação de dois fatores, o que exigiria que o destinatário não apenas tivesse o link, mas também inserisse um código de verificação enviado ao número de telefone. Para fazer isso, precisamos fornecer o número de celular do destinatário.

Depois de destruída, a mensagem (e o número de telefone do destinatário, se houver) são excluídos permanentemente do servidor assim que a mensagem é vista.

Obviamente, se o destinatário decidir dar um print na tela e encaminhá-la por outros meios, a privacidade irá toda para os ares…mas é aí que entra, ou deveria entrar, a inteligência social: não devemos compartilhar segredos com quem não podemos compartilhar segredos.