Messenger aumenta suas funções de privacidade e segurança


Apesar dos telefones celulares inteligentes serem dispositivos muito pessoais, muitas vezes acabando emprestando para familiares ou amigos, mesmo que seja para fazerem uma ligação, tirarem alguma foto, ou qualquer outro motivo, e assim, possibilitando que, mesmo sem querer, acessem nossas mensagens privadas.

Pensando nisso, no Messenger estão introduzindo a nova função Application Block, uma nova opção de segurança que impedirá o acesso, acidental ou não, a mensagens privadas.

Facebook observa que o novo recurso usa as configurações de privacidade do dispositivo, como desbloqueio de face ou impressão digital, para desbloquear o Messenger, garantindo que o ID não seja enviado nem armazenado nos servidores da empresa. Esse novo recurso agora é uma realidade para dispositivos iPhone e iPad e, nos próximos meses, também chegará aos dispositivos Android.

Essa nova função vem junto com a nova seção de configurações de privacidade, que também é lançada na plataforma de mensagens, na seção Privacidade, da qual também trará a lista de contatos bloqueados, ao alcance do público e stories silenciadas.

Em breve, Messenger também integrará novos controles para definir quem pode entrar em contato por mensagem ou ligar de maneira semelhante aos controles existentes no Instagram. Por enquanto, esses controles estão em desenvolvimento e, no próprio Facebook, anunciarão o momento em que começarão os testes.

E, finalmente, o Facebook indica que começará a testar uma função semelhante à existente no WhatsApp e Instagram, pela qual as imagens na pasta de solicitações de mensagens de alguém desconhecido para enviar uma mensagem ficam embaçadas. Isso permitirá ao usuário a opção de visualizar a imagem daquela pessoa desconhecida que está tentando entrar em contato antes de responder, bloquear ou denunciar a conta.