Google Meet será gratuito definitivamente


Uma das principais perguntas dos usuários é se Google Meet será gratuito após 30 de setembro. A resposta é sim, mas… com limites.

O principal limite que veremos a partir de 30 de setembro refere-se ao horário das reuniões. Só podemos ficar conectados por 1 hora em contas pessoais, portanto, se não tivermos um plano de pagamento, teremos que encerrar uma reunião e iniciar outra novamente, se necessário.

Por enquanto, até 30 de setembro, as reuniões podem ser de 24 horas.

Quanto ao número de participantes em um, teremos no máximo 100 na versão gratuita, mas será possível, sim, realizar quantas reuniões quisermos.

A qualquer momento, podemos entrar no navegador ou aplicativo, convidar participantes externos, obter legendas instantâneas em inglês, compartilhar a tela e fazer apresentações, além de aproveitar as funções que estão surgindo, como desfocar o fundo.

Os planos de pagamento, além de estender a duração de cada reunião para 300 horas, darão acesso a números de telefone internacionais ou nos EUA, transmissões ao vivo dentro do domínio, 150 usuários simultâneos, gravações de reuniões salvo no Google Drive e redução de ruído inteligente.

Quem quiser, pode ver os detalhes neste link, com as diferenças e datas.

A postagem que Google fez em abril também foi editada, portanto, não há dúvida de que Google Meet será gratuito ou não após 30 de setembro.

Mas, se por um lado, vamos poder usar Google Meet gratuitamente, mas com limites, as escolas não terão esse problema.

O Meet está incluído no G Suite for Education e, se a escola o usar, o administrador pode habilitá-lo gratuitamente.

E caso não usem G Suite for Education, poderão se registrar neste link.