Google investe em IA para melhorar a previsão do tempo


Dentre os muito usos da Inteligência Artificial ainda não muito conhecidos pela maioria podemos citar o da previsão do tempo.

E o Google acaba de anunciar que está investindo em pesquisas de inteligência artificial para desenvolver novos métodos para entender e prever o tempo, incluindo previsão de enchentes com métodos computacionais que podem ajudar melhorar a precisão das previsões.

Na verdade, Google está fazendo parceria com instituições que fornecem previsões e tecnologia, e acaba de anunciar que começou a trabalhar com o Serviço de Informações e Satélite (NESDIS) da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) para explorar os benefícios da inteligência artificial (IA). e aprendizado de máquina (ML) para melhorar o uso de dados de satélite e ambientais pela NOAA.

O objetivo é expandir o monitoramento ambiental, a previsão do tempo e a pesquisa climática da NOAA usando a infraestrutura do Google Cloud. 

Mas não foi a única associação recente, em agosto foi anunciada a criação do Instituto de Inteligência Artificial para Pesquisa em IA Confiável no Clima e Oceanografia Costeira (AI2ES), em conjunto com a Universidade de Oklahoma. É uma instituição que inclui sete instituições acadêmicas, com pesquisadores de ciências atmosféricas e oceânicas e comunicação de risco para desenvolver tecnologia de IA confiável para atender às preocupações na previsão de riscos meteorológicos, climáticos e costeiros.

É um assunto difícil de tratar, uma “ciência do momento não exata”, pois muitas variáveis podem ​​influenciar a mudança do tempo que é impossível simulá-la perfeitamente para obter conclusões exatas, mas a IA pode ajudar com dados mais relevantes, com estatísticas que oferecem um objetivo melhor do que o obtido até agora nos relatórios diários.