Microsoft Teams terá melhor sistema de redução de ruído


O ruído de fundo durante uma videoconferência pode se tornar um verdadeiro problema, por isso, muitas plataformas vêm trabalhando em uma forma de tentar resolver ou, pelo menos, amenizar esse inconveniente. Lembrando que quando trabalhamos em um escritório, físico, temos salas especialmente pensadas para o assunto, mas quando trabalhamos em casa o ruído de fundo aparece com mais facilidade, muitas vezes prejudicando seriamente uma reunião, por isso, o empenho em resolver esse problema.

Assim, a Microsoft Teams está anunciando um novo recurso de supressão de ruído baseado em IA, que promete remover, automaticamente, o ruído de fundo indesejado durante as reuniões.

Na verdade, será uma atualização do recurso de supressão de ruído já existente – os usuários agora terão controle sobre a quantidade de supressão de ruído que desejam.

O recurso será lançado em novembro e removerá ruídos em tempo real com base em algoritmos de Inteligência Artificial. Atualmente está “em desenvolvimento” na Microsoft 365 Roadmap.

O que o recurso fará será analisar o sinal de áudio de um indivíduo na Microsoft Teams e, usando redes neutras profundas especialmente treinadas para filtrar o ruído, e poderão reter apenas o sinal de voz.

Embora a lista da Microsoft 365 Roadmaps diga que o recurso estará disponível para desktops em todo o mundo, ainda não se sabe se será, ou não, implementado para Android e iOS.

Lembrando que a Microsoft não é a única a aplicar algo assim, o Zoom também tem uma opção chamada “suprimir ruído de fundo” na função de cancelamento de ruído. Os usuários podem ajustar as configurações para alto ou baixo, dependendo de suas necessidades. O Google Meet também possui uma função de cancelamento de ruído que está disponível para Android e iOS, capaz de filtrar tudo, desde o latido de cães ao som de lápis ou o fechamento de uma porta.

Vale ressaltar que este ano, histórico, de 2020, levou a videoconferência a níveis inimagináveis, uma das poucas coisas boas que essa pandemia nos deixará.