Um programa que alerta sobre o risco de morte por Covid-19


Se você é homem, tem IMC alto (obesidade), pressão alta e já tem uma certa idade, o risco de morte por contrair COVID-19 aumenta muito. É o que diz um programa que prevê, por meio de Inteligência Artificial, o risco de morte de pacientes internados pelo COVID-19.

O modelo de previsão, publicado na revista Nature, foi feito pela Universidade de Copenhagen, cujos pesquisadores decidiram usar inteligência artificial com os dados de 3.944 pacientes dinamarqueses com COVID-19.

O programa em questão ajuda a prever, com 90% de acerto, se alguém vai morrer de COVID-19 antes ou depois de se infectar, o que gera dados extremamente importantes para os hospitais se prepararem para possíveis crescimentos de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva.

Os pesquisadores indicaram que o estudo foi importante para evitar o que aconteceu na primeira onda, quando não havia respiradores suficientes para todos. Também pode ser usado para definir prioridades na hora de se vacinar, uma vez que a maioria dos países possui registro dessas variáveis ​​em sua população.

O modelo de aprendizado de máquina vem estudando os fatores de risco dos pacientes que participaram do estudo para identificar padrões e correlações com doenças anteriores e, agora que está treinado, pode prever o que pode acontecer com um novo paciente.

Essa ferramenta pode também vir a ser usada para outros estudos no futuro, como outras possíveis pandemias que certamente veremos nas próximas décadas.