Museum, um buscador de obras de arte de domínio público


Existem muitas obras de arte que podem ser usadas sem ter que se preocupar com direitos autorais, pois elas são de domínio público. O motivo pode ser diverso, relacionado tanto à idade da obra quanto às decisões dos detentores dos direitos autorais que decidiram renunciar a eles.

O fato é que nem todas as obras de arte podem ser utilizadas gratuitamente para ilustrar artigos ou transformá-los em capas de nossos livros, e agora existe um mecanismo de busca que pode nos ajuda nesse assunto.

Se trata de museum.app, um mecanismo de busca visual que obtém obras livres de royalties do Art Institute of Chicago, do Rijksmuseum, do Minneapolis Institute of Art e da coleção digital da Biblioteca Pública de Nova York, embora planejem continuar a expandir com outras fontes.

O motor de busca foi criado por Chase McCoy, que afirma que, embora os trabalhos devolvidos por esse motor de busca sejam gratuitos, recomenda-se o credenciamento da instituição de origem.

Basta usar uma palavra-chave, como party, en inglês, para que obtenhamos as obras que aparecem na imagem acima. São pinturas, gravuras, desenhos, esculturas, livros, mapas e outros objetos que podem ser encontrados fisicamente nesses museus.

Cada palavra incluída será cruzada com as descrições de cada obra, por isso, em algumas ocasiões não será uma pintura que representa o que procuramos, mas sim um objeto que tem alguma relação com o conceito. De qualquer forma, é um bom banco de imagens gratuito.

Conforme discutido na Open culture, se buscarmos “entretenimento”, “comida”, “esportes” e até mesmo “tecnologia”, teremos representações de séculos anteriores, pois a probabilidade de encontrar obras de arte no domínio público dos últimos anos é muito difícil.