Apple apresenta seu novo serviço de assinatura de podcast


Era uma questão de tempo até que a Apple também chegasse ao segmento de podcasts premium, e esse momento já tem uma data de chegada. 

De acordo com a Apple, o novo serviço de assinatura de podcasts pagos, chamado Apple Podcasts Subscriptions, chegará a ouvintes de podcast em mais de 170 países e regiões em maio, permitindo que os usuários assinem podcasts pagos junto com podcasts gratuitos de seus criadores favoritos.

Entre os benefícios da assinatura está a possibilidade de ouvir podcasts sem anúncios, acesso a conteúdos exclusivos, acesso a pré-visualizações de novos conteúdos, entre outras possibilidades.

A Apple busca capacitar seus criadores e que eles também possam monetizar seu conteúdo por meio do aplicativo Apple Podcasts, para o qual também lançou o novo site Apple Podcasts para Criadores, que servirá como um incentivo para que os criadores tenham todo o conhecimento, dicas e informações necessárias, incluindo informações atualizadas, relacionadas ao mundo dos podcasts e à plataforma de podcast da Apple.

Nesse sentido, os criadores agora têm acesso ao painel renovado do Apple Podcasts Connect, onde encontrarão novos recursos de gerenciamento de podcast, como edição de metadados, agendamento e gerenciamento de disponibilidade de programa, organização de programas em canais e muito mais.

Serão os próprios criadores do Podcast que decidirão como obter receita com seu conteúdo, incluindo o preço de suas assinaturas, tendo que pagar uma quantia em dinheiro anualmente à Apple, de forma semelhante ao que os desenvolvedores fazem com as lojas de aplicativos.

Para os usuários do Apple Podcasts, eles também encontrarão um aplicativo totalmente renovado, tanto visualmente quanto em termos de funcionalidade. A este respeito, irão encontrar uma capacidade de pesquisa melhorada, com acesso rápido às principais listas e categorias, podendo também iniciar automaticamente a reprodução dos programas mais recentes, guardar programas individuais ou até descarregá-los para ouvir offline.

As páginas dos programas e episódios também foram reformuladas, ficando mais elegantes e esse redesenho do aplicativo virá como parte da novidade que chegará com a entrada do iOS 14.5 nos dispositivos dos usuários.

Dessa forma, e diante do avanço das plataformas rivais com suas apostas em assinaturas pagas de podcasts, sem dúvida, a Apple não ficará para trás com esse movimento.

Mais informações: Apple.