Google Pay adiciona novas funções para a gestão de finanças pessoais


Meses depois da reformulação completa do aplicativo Google Pay, com o qual também chegaram as funções de envio de dinheiro para pessoas físicas e divisão de despesas entre amigos, o Google está pronto para ir mais longe com tudo o que se refere a finanças pessoais disponível no mesmo aplicativo.

Nesse sentido, a empresa anunciou as três novas funções que agora começam a chegar ao Google Pay para tentar impulsionar a economia, embora por enquanto parte dessas novidades ficarão nos Estados Unidos.

A primeira dessas funções tentará disponibilizar aos usuários todas as ofertas semanais existentes nos supermercados, para as quais o Google fez parceria com a Target e a Safeway com o objetivo de exibir ofertas e cupons de desconto na tela, evitando a necessidade dos usuários perder tempo revisando todos os cupons que podem ter se acumulado.

O mais interessante é que mais tarde, as ofertas das lojas próximas ao local onde você está serão mostradas graças ao Safeway, para o qual o usuário deve ter a localização habilitada no Google Pay .

Além de economizar na compra de mantimentos, o Google está possibilitando que os usuários paguem o vale- transporte com o celular em mais cidades americanas, podendo comprar passagens e recarregar os cartões de transporte.

O usuário só terá que levar seu celular até o leitor para validar a viagem, sem a necessidade de desbloquear o celular, embora nos meios de transporte em que não tenha leitor, bastará mostrar o tíquete na tela.

O Google promete que em breve ampliará a possibilidade de pagamentos do meio de transporte às cidades.

E por último, e com a perspectiva de poder atingir um nível global, surge a nova função que permite ao usuário ter um resumo de todas as despesas que teve em um mês. Para fazer isso, é preciso navegar até a aba “Informações”, onde terá o saldo das contas e as informações relacionadas às despesas, incluindo lembretes de contas a receber, resumos de despesas semanais e alertas quando grandes transações são realizadas Fora.

O mais interessante é que o Google Pay se encarregará de categorizar os gastos que os usuários realizarem, buscando facilitar a busca por informações específicas de que precisarão a todo momento.

Agora é aguardar que essas funções, por enquanto exclusivas nos Estados Unidos, possam chegar a todos, gradativamente.