Chega a versão pessoal de Microsoft Teams, com videochamadas 24 horas, modo juntos e muito mais


Após cerca de um ano disponível na fase de pré-visualização, a Microsoft lança oficialmente a versão pessoal e gratuita de Microsoft Teams, tornando-se assim uma alternativa interessante às opções de mensagens consolidadas como WhatsApp ou FB Messenger, e muito mais na seção de videochamadas, que tiveram tanto destaque durante a pandemia.

Nesse sentido, Microsoft Teams continuará a ter videochamadas gratuitas de até 24 horas, e um aspecto marcante das videochamadas é que familiares e amigos também poderão utilizar o Modo Juntos, função baseada em Inteligência Artificial que organiza as imagens dos participantes, eliminando seus fundos, nos diferentes cenários virtuais.

Além disso, a versão pessoal do Microsoft Teams também amplia sua disponibilidade, já que além de estar presente no Android e iOS desde o preview, a partir de agora também passa a estar disponível na versão web e em aplicativos de desktop.

Na prática, a versão pessoal de Microsoft Teams  é bastante semelhante à versão empresarial deste serviço, onde além de permitir o contato por chat e videochamadas, os utilizadores também terão facilidade para partilhar calendários, localizações e arquivos.

E com a chegada do Microsoft Teams para uso pessoal, resta saber para onde o Skype irá.

A empresa disse na época, com o lançamento da prévia do Microsoft Teams para uso pessoal, que estava “totalmente comprometida com o Skype”, embora, meses antes disso, o declínio do Skype entre usuários particulares já era mais do que evidente em relação às opções rivais.

Os veteranos da Internet vão se lembrar que o Skype veio para substituir o MSN Messenger, na época popular serviço de mensagens, embora a chegada de Microsoft Teams para uso pessoal busque, em certa medida, alcançar usuários privados novamente depois de um tempo focado principalmente em usuários empresariais.

Curiosamente, este lançamento chega num momento em que a ameaça do WhatsApp para quem não aceita os seus novos e polêmicos termos ainda é evidente.