Google Fotos lança ferramenta para ajudar a recuperar a capacidade de armazenamento online


Sabemos que a partir de 1 de junho o Google Fotos aplicará as alterações anunciadas, deixando de oferecer armazenamento ilimitado na nuvem, portanto, passando a contar fotos e vídeos enviados a partir desse dia.

Google lembra que fotos e vídeos de alta qualidade disponíveis antes desse dia continuarão a ser isentos na contabilização da cota de armazenamento em suas contas, que podem ser 15 GB gratuitos ou a cota adicional adquirida por meio do Google One.

Agora, para quem continuar com Google Fotos apesar de tudo, o aplicativo Fotos terá uma nova ferramenta de gerenciamento que lhes permitirá recuperar espaço da cota de armazenamento, excluindo fotos e vídeos salvos que não merecem continuarem guardados.

Nesse sentido, a nova ferramenta permitirá a busca de fotos e vídeos maiores, fotos borradas e screenshots, para revisão, seleção e finalmente eliminação, buscando ajudar a otimizar a cota de armazenamento que está disponível no Google.

Por outro lado, o nível de armazenamento de alta qualidade mudará seu nome para Storage Saving, uma mudança com a qual o Google busca tornar as opções de armazenamento disponíveis no Google Fotos mais fáceis de entender.

Também houve um apelo convidando todos os usuários que desejam espaço de armazenamento adicional para obtê-lo por meio das diferentes capacidades oferecidas pelo Google One.

Não há dúvida de que o Google está tentando aumentar seu serviço de armazenamento extra para todos os usuários cuja cota de armazenamento gratuito é muito pequena.

E sabemos que o Google deu um prazo de seis meses para preparar os usuários para o novo cenário, que é consequência da alta demanda de armazenamento que vem recebendo, onde alguns preferem ficar apesar de tudo, e outros preferem procurar alternativas para alojar as suas memórias, de acordo com as condições que os serviços alternativos oferecem.

Neste ponto, o Google acredita que 80% dos usuários do Google Fotos ainda têm algum espaço até alcançar a cota de armazenamento padrão, e avisará quando se aproximarem.

Mais informações: Google