Google dirá adeus aos Cookies em 2023


Os cookies são os protagonistas da web há meses. Esses banners de aceitação de cookies, problemas de privacidade, essas alternativas polêmicas… seja como for, tudo parece indicar que seus dias estão contados e, anote aí, agora a data estabelecida pelo Google é 2023.

Os cookies passaram de úteis a invasivos para pessoas que queriam manter sua privacidade, e o modo de navegação anônima não é suficiente para a população. É preciso ter uma solução que ajude a manter a publicidade personalizada (modelo de negócio em que se baseia grande parte da Internet) e ao mesmo tempo respeite a privacidade de quem a deseja.

Agora, Google anunciou que até 2023 removerá, definitivamente, cookies de terceiros do Chrome. Até agora pensava-se que esta etapa ocorreria em 2022, mas há um atraso nos planos, provavelmente devido ao fato da alternativa FLoC ainda não ser aceita em muitos locais.

Google relatou que é importante evitar comprometer os modelos de negócios de muitos editores da web que oferecem suporte a conteúdo de acesso aberto, como o WWWhatsnew. Eles devem fornecer tecnologia que preserve a privacidade e garantir que os cookies não sejam substituídos por formas alternativas de rastreamento individual que apresentem o mesmo problema dos cookies.

O problema está nos cookies de terceiros que os anunciantes usam para rastrear nossa atividade de navegação para entender nosso comportamento e preferências, algo necessário para posteriormente criar anúncios direcionados. Será interessante ver como o tema evoluirá, pois se não houver anúncios personalizados, certamente não veremos também muitas mídias de acesso gratuito.

O processo de eliminação gradual começará em meados de 2023 e deve terminar no final de 2023. Antes que isso aconteça, no entanto, a empresa deseja ter “tecnologias-chave” em vigor até o final de 2022. Isso inclui Floc e outras APIs de privacidade de preservação. 

No total, este é o plano de duas etapas para cookies de terceiros no Google Chrome:

Estágio 1 (começando no final de 2022): Assim que os testes forem concluídos e as APIs forem lançadas no Chrome, os editores e a indústria de publicidade terão tempo para migrar seus serviços. Esperam que esse estágio dure nove meses e irão monitorar a adoção e o feedback antes de passar para o estágio 2.

Estágio 2 (começando em meados de 2023): o Chrome eliminará gradualmente o suporte para cookies de terceiros ao longo de um período de três meses, terminando no final de 2023.