Whatsapp inicia testes com fotos e vídeos que expiram após serem visualizados


Uma função que já conhecemos de outras redes sociais e plataformas de mensagens, também está começando a aparecer no WhatsApp: a possibilidade de compartilhar uma foto ou vídeo que fica visível apenas uma vez, e depois desaparece.

Esta função, já começou a ser implantada apenas para um número limitado de usuários da versão de teste do aplicativo de mensagens para Android, ou seja, a novidade só está disponível somente para a versão Beta, especificamente, a versão 2.21.14.3 do canal beta do WhatsApp para Android.

Segundo a WABetaInfo , quem tem essa versão específica do aplicativo e foi incluído nos testes com esta função, tem um novo ícone no balão onde estão escritas as mensagens, que permite o envio de anexos multimédia na modalidade indicada.

No chat, junto com as informações sobre as confirmações de leitura, você pode revisar o status de exibição dessas mensagens de “autodestruição”.

Algumas considerações sobre esta característica, assinaladas na reportagem de WABetaInfo, indicam que no caso de ter as confirmações de leitura desativadas no aplicativo, poderá ser usada a novidade, porém, sem o detalhamento da hora exata da ação. No caso de grupos, como nos demais tipos de mensagens que podem ser enviadas, será possível revisar esses dados de acordo com a atividade de cada membro, independentemente das configurações gerais de privacidade.

É importante ter em mente que o conteúdo sensível ou privado não é totalmente protegido com este recurso, pois vale lembrar que é possível dar print no conteúdo, sem que o aplicativo notifique o remetente da mensagem.

O interessante é que o WhatsApp, em nível de plataforma, já está preparado para suportar essas mensagens até no celular de quem não tem acesso antecipado a essa função. Embora, é claro, só poderão ver as mensagens uma vez, sem a capacidade de responder da mesma forma.

Enfim, já podemos esperar que essa função se torne um recurso integrado no aplicativo definitivo e, segundo o relatório citado, a implantação de um teste semelhante já está em pauta no WhatsApp para iOS.